As pernas que abalaram Paris

Desde o dia em que vi o anúncio desta peça, fui com a cara – ainda não tinha lido nenhuma crítica e nunca tinha ouvido falar na cantora (desculpem aí a falta de cultura pop dos anos 30). Então insisti com o maridinho e fomos assistir à atriz Sylvia Bandeira, em Marlene Dietrich, as Pernas do Século, e quero enfatizar aqui, já no primeiro parágrafo, seu charme tão peculiar. Ela poderia ser minha mãe, e é infinitamente mais sexy que muitas mocinhas de 20 por aí. Ela canta em alemão, inglês e francês, e joga seus encantos para a plateia com seu sorriso e olhar sedutores, o tempo todo.

A peça conta da trajetória da cantora, atriz de cinema, de teatro e melhor amiga da Edith Piaf, ou seja, uma diva completíssima, muito independente e moderna  para a época. Esqueça estes musicais da Broadway. O cenário, o figurino, o próprio teatro, é tudo infinitamente mais enxuto, vamos assim dizer, mas não perde em nada para tais apresentações em termos de qualidade dos atores e em como o ritmo da peça é levado. Para quem possa interessar, Bárbara Heliodora fez uma crítica extremamente positiva em relação ao espetáculo.

Em um momento da peça, ela conta que a Madonna foi pessoalmente em seu apartamento para pedir autorização para filmar um longa sobre sua vida,
e a Marlene respondeu um não bem dado! Será verdade? Elas se parecem em tudo, inclusive fisicamente!

Isso sim que é Diva, não acham? Meu conceito de Diva ladylike mudou
completamente depois deste espetáculo!

A atriz Sylvia Bandeira, que passa uma impressão de ter nascido para atuar neste papel

 

Marlene Dietrich, as Pernas do Século
Onde?
Teatro Nair Bello (Shop. Frei Caneca)

Anúncios

Sobre isamaiolino

Depois de 7 anos como designer da Capricho, decidiu voltar a ser publicitária e está a procura de si mesma dentro do mundo dos negócios. Continua amando cinema e São Paulo. Se sente dentro de um filme dirigido por Wong Kar-Wai, Woody Allen e Sofia Coppola, quando decide passear pela Paulista às 6 da tarde. Não vive sem pérolas falsas e sem Frank Sinatra.
Esse post foi publicado em No palco. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s